divórcio ou casamento eterno?...

2006-06-23

Prémio e Castigo

Do Público de hoje.
Um médico da Guarda, resolveu, em 2004, pagar do seu bolso 40 000 euros para adquirir para o hospital dois equipamentos oftalmológicos que se revelavam necessários e que muitas confusões e agressões burocráticas impediam a sua compra. Pois foi processado pela Inspecção Geral deSaúde por "violação dos deveres de zelo e de leladade". Finalmente foi agora arquivado o processo porque, embora a sua conduta como médico tenha sido "estruturalemente ilícita", o equipamento "era de tal forma premente que a opção foi bem aceite" pelo director do serviço de oftalmologia e "beneficiou inúmeros utentes".

É esta mentalidade de "funcionário público", quer na Administração do hospital que pecou por "inacção" quer do zeloso funcionário da IRS que cumpriu escrupulosamente a letra da lei quer de muitos servidores do Estado por repartições por esse país fora, que dificulta qualquer reforma ou avaliação e torna necessário o empenho "empenhado" de todos para que este país se modernize!

2 Comentários:

Anonymous Alc disse...

No good deed goes unpunished...

27/6/06 17:10

 
Anonymous Anónimo disse...

Excellent, love it! »

5/2/07 13:47

 

Enviar um comentário

<< Home