divórcio ou casamento eterno?...

2007-07-23

Apios à família

O Governo anunciou algumas medidas económicas de apoios às famílias mais pobres. Isto é muito bom, mas não é propriamente uma política de incentivos à natlidade. Porque quem menos filhos têm não são os pobres, poranto as razões não sáo económicas, mas culturais. E este é um campo que exige medidas de natureza diferente, nomedamente laborais, de transportes, de habitação; mas sobretudo o envolvimento da sociedade civil, na defesa e valorização da maternidade. Se ao menso os movimentos fizesse o mesmo esforço que fizeram no debtae sobre o aborto, já não era mau.
Mas nós somos assim !!!!!

1 Comentários:

Anonymous Anjes disse...

O título tem a falta de apoio. Falta-lhe um o.
E no texto também faltam umas letras. Mas a gente compreende. Há alturas em que a máquina não quer mesmo cumprir rigorosamente o seu dever de colocar as letras todas...

18/10/07 01:16

 

Enviar um comentário

<< Home